quinta-feira, outubro 22, 2009

Um mal nunca vem só


Foi o que aconteceu a Pedro Mendes. Não bastou a derrota perante uns romenos pouco conhecidos, mas sobretudo por uma lesão, que pela notícia, é grave.


1 comentário:

  1. logo agora...é preciso mesmo azar,para ambas as partes,claro está.

    ResponderEliminar