domingo, julho 31, 2011

A moda



Hoje a imagem conta muitas vezes quase tanto como a qualidade na forma como se fala de um jogador. Muitos só têm praticamente imagem e tudo vão fazendo para se tornarem notados no sentido da progressão das carreiras. Outros porém disso não precisavam, mas, pela sua qualidade como jogadores, vão marcando modas que os mais jovens vão seguindo tentando aproximar-se dos seus ídolos. É este o caso de Neymar que além de ser um dos craques da actualidade, com apenas dezanove anos, também marca a moda com os seus originais cabelos que outros vão tentar imitar.

Mundial 2014



O resultado do sorteio para a qualificação do mundial 2014, não sendo, para os menos conhecedores, aparentemente difícil, revela no entanto perigos que devem ser entendidos e compreendidos, sobretudo pelos mais incautos. Em primeiro lugar a Rússia, o nosso grande adversário, que não esquecerá facilmente a copiosa derrota de 2004 em Alvalade, é uma equipa forte, que não poderá ser antecipadamente considerada como eliminada e pretenderá corrigir a qualificação para 2006. De seguida Israel, uma equipa em ascenção que encara cada jogo como uma final e que coloca sempre em campo todos os seus atributos como se de autênticos guerreiros se tratassem. Depois a Irlanda do Norte, equipa com que Portugal nunca se deu muito bem, num registo histórico de vitórias tangenciais e empates e que faz do jogo directo e entrega permanente as suas armas, nunca desarmando em situação alguma.O Azerbaijão, que nos leva mais uma vez a uma viagem longa e desconfortável a um local  na fronteira com a Ásia, que tem progredido de uma forma sustentada, e que na última vez que o defrontámos, em 2007, nos levantou algumas dificuldades. Finalmente o também nosso bem conhecido Luxemburgo, equip mais frágil, e que defrontaremos em 10 de Agosto no Algarve. Nada de embarcar em euforias precipitadas porque o caminho será longo e bem difícil. Queremos estar no Brasil 2014, não há dúvida nenhuma, mas para isso teremos de nos preparar com o máximo cuidado e atenção, nomeadamente já para a discussão do calendário.

sábado, julho 30, 2011

Cabeça-de-Série



Portugal, como se previa vai ser mais uma vez cabeça-de-série de um sorteio do mundial fruto da sua actual classificação - 7º lugar - no ranking da FIFA. Como situação algo anómala surge a França no segundo pote, com a Noruega no primeiro. Vamos a ver a quem sai a fava. Não nos esqueçamos o que aconteceu na última qualificação quando a França foi levada ao colo com um golo marcado com a mão no jogo com a Rep. da Irlanda. A França não tem actualmente a mesma qualidade do passado recente mas é sempre um adversário poderoso que todos quererão evitar, mas como se sabe o sorteio é puro e portanto nada a fazer. De qualquer forma seja quem calhe no sorteio será sempre uma qualificação difícil. Os brasileiros entretanto já contactaram a FPF no sentido de se fazer uma pré-garantia de local para o estágio da competição final, dando a entender o quanto querem Portugal na fase final. Aguardemos por daqui a pouco.



Seminário FIFA



Decorreu ontem o Seminário  da FIFA relativo ao Campeonato do Mundo, Brasil 2014, que decorrerá neste imenso país em Junho e Julho de 2014. Foi feita uma apresentação global sobre as diversas fases de qualificação dos vários continentes que se seguirão ao sorteio de hoje. Não houve grandes novidades face ao que tem acontecido nas outras fases de qualificação de mundiais anteriores. A grande alteração que beneficiará em muito a vida aos seleccionadores, foi a introdução da norma que permitirá a inscrição de 23 jogadores na ficha de jogo, havendo portanto  a possibilidade de cada equipa ter doze suplentes, ao invés do que se passa actualmente em que só são permitidos sete suplentes. Uma aspiração de todas as grandes equipas que assim evitarão ter de enviar cinco jogadores para a bancada. No fundo será a adaptação aos jogos de qualificação do que já acontecia nas fases finais. De resto a confirmação da importância desta competição com a realização de 824 jogos nas diversas qualificações continentais, onde 202 países tentarão alcançar um dos 31 lugares em aberto, e também a confirmação da importância de Portugal no mundo do futebol ao ter recebido várias propostas estaduais para, no caso de qualificação, residir nos seus locais durante a prova. Em 2014 realizar-se-á um mundial diferente dos dois últimos, na Alemanha ou mesmo na África do Sul, onde as deslocações terão um peso significativo, por exemplo ir de Porto Alegre a Manaus é quase como ir de Lisboa a Moscovo e ainda pelo facto do país ser atravessado por três zonas climáticas distintas e por três fusos horários.

sexta-feira, julho 29, 2011

Gerhard Kapl


Antigo árbitro austríaco, vice-presidente da Federação de Futebol da Áustria e  membro da UEFA, faleceu no seu país e como inspector ou delegado esteve diversas vezes no nosso caminho. A primeira que me lembro, foi na Roménia, em 1999, quando a pedido do então Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio, a Selecção Nacional se envolveu no processo de Timor. Pretendíamos que a equipa e a delegação estivessem com um fumo negro, protestando contra a situação dramática que se vivia em Timor-Leste. Kapl, nervoso, preocupado, lá foi cedendo e chegámos a uma situação de compromisso de os jogadores entrarem com o fumo negro para o hino mas não o utilizando na camisola. O árbitro alemão foi bastante compreensivo mas o delegado, cumprindo a legislação, tentou até ao último momento evitar o nosso protesto. A discussão foi de tal maneira forte que ameaçámos jogar assim caso não aceitasse a outra situação que era o que nos interessava e que acabou por correr mundo. Entretanto mandou retirar os cartazes que fizemos e distribuímos pelos nossos adeptos. Mais tarde, em 2001, em Chipre, nova discussão, desta vez pela vergonha dos balneários que os cipriotas apresentaram. Finalmente, foi o delegado da final do Euro 2004 de triste memória para Portugal. Descanse em paz.

Abaixo do orçamento

Londres 2012: Despesa em infra-estruturas abaixo do previsto

O custo total com a construção das infra-estruturas que irão acolher os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, será inferior ao orçamento inicial, orçado em 9,3 mil milhões de libras (cerca de 10,5 mil milhões de euros), anuncia o Governo britânico, um ano antes do início do certame, agendado para 27 de Julho.

Oitenta e oito por cento das obras estão concluídas, revelou a Autoridade de Execução dos Olímpicos no seu relatório trimestral.

Esta notícia é verdadeiramente revolucionária. Segundo todos sabemos sempre que há uma competição deste tipo os custos previstos de construção de infraestruturas disparam para níveis enormes e não orçamentados. Veja-se e siga-se o caso do Mundial 2014, no Brasil, para se verificar que os ingleses estão a levar a sério esta questão não levando os contribuintes a pagarem mais do que se encontrava estabelecido.

quinta-feira, julho 28, 2011

A balada triste do Rio Tejo

Na terça-feira de manhã, ao ligar o rádio do carro ouvi uma crónica na TSF, da autoria de Fernando Alves, que pela sua beleza entendi dever publicar. Referia-se a um texto publicado no jornal espanhol ABC, que aqui reproduzo, da autoria de Rafael González Caseroy  e Santiago Sastre e que tem o título desta entrada. O rio Tejo, é para os lisboetas e para os moradores de quase toda a área metropolitana, algo que faz parte das suas vidas e nesse grupo estou incluído de corpo e alma. Quando as autarquias da bacia do Tejo, com realce para a de Lisboa, estão a fazer um esforço notório para melhorar a qualidade do rio, os espanhóis, pelo menos os de Toledo, não estão optimistas quanto nós e são arrasadores quanto ao mal que se em feito ao rio maior da península. Três curtos minutos que valem a pena ouvir. O jornalismo na sua expressão mais viva e poética.

"Os "Sinais" nas manhãs da TSF, com a sua marca de água de sempre: anotação pessoalíssima do andar dos dias, dos seus paradoxos, das suas mais perturbadoras singularidades. Todas as manhãs, num minuto, Fernando Alves continua um combate corpo a corpo com as imagens, as palavras, as ideias, os rumores que dão vento à actualidade."
 in: http://www.tsf.pt/

Jogos a sério



Depois do Nacional da Madeira ter dado o pontapé de saída na Liga Europa o Benfica iniciou também  a sua participação na Champions League, dando assim arranque aos jogos oficiais do clube. A vitória perante os turcos do Trabzonspor por 2/0, vai permitir uma deslocação mais tranquila à Turquia, depois do que se esperaria com o nulo verificado ao intervalo, embora naturalmente todos os cuidados sejam poucos. Não nos esqueçamos que as equipas turcas são terríveis no seu ambiente e este clube tem além disso um agradável fio de jogo e não vai render-se com esta derrota. Relevância bastante negativa para a equipa de arbitragem que esteve a léguas de distância do que se desejaria para um jogo desta responsabilidade.

quarta-feira, julho 27, 2011

À antiga portuguesa



Não se trata de tourada mas da edição argentina dos chamados alargamentos, que felizmente já só fazem parte da história do futebol português. No entanto em Portugal, nunca um Benfica, Porto ou Sporting desceram de divisão, como aconteceu com o River Plate na Argentina. Neste caso, a televisão argentina, e os seus negócios, usaram da "força" e pronto, aí vêm 38 clubes, numa fórmula pouco imaginativa. Se era para ser assim escusavam de ter chegado a esta situação e de terem feito sofrer os adeptos e jogadores da forma que vimos e com a respectiva violência associada.

"El vocero de la AFA, Ernesto Cherquis Bialo, admitió hoy tácitamente que la televisión estatal tuvo injerencia en el proyecto del nuevo formato del fútbol argentino al señalar que "tiene voz y por lo tanto también determinación". Y, también, aclaró que este nuevo formato se ajusta a la realidad del club de Núñez: " "Si River no descendía, esto no se hubiera decidido"."
"El Comité Ejecutivo de la AFA decidió ayer que a partir de agosto de 2012 no haya más Apertura ni Clausura. Tampoco promedios. Dentro de 13 meses, la primera división se fusionará con la B Nacional y tendrá 38 equipos: los 20 de primera, 16 de la segunda categoría y los campeones de la primera B y del Argentino A. Ésos son los lineamientos generales de un anteproyecto que debe ser aprobado en la Asamblea anual de la AFA, que se celebrará el próximo 18 de octubre, el mismo día en el que se desarrollarán las elecciones en la entidad que rige el fútbol argentino. Y en las que Julio Grondona será candidato. 
Apenas habían pasado unos minutos de las 21 cuando Ernesto Cherquis Bialo, vocero de la AFA, dio los detalles del nuevo torneo: "En la reunión de Comité Ejecutivo de la AFA se aprobó esta noche, por 22 votos a favor contra 4 abstenciones y una ausencia, un nuevo proyecto para reestructurar el fútbol argentino a partir de agosto del año que viene", indicó el vocero. Luego detalló que las cuatro abstenciones fueron las de Guillermo Lorente (presidente de Newell's), Julio Baldomar (vicepresidente 2º de Vélez), Pablo Podestá (vicepresidente de Racing) y Roberto Bugallo (presidente de All Boys). El ausente fue el ingeniero Alfredo Dagna, presidente de Olimpo, de Bahía Blanca. 
Además, Cherquis Bialo detalló que se abre una nueva etapa para el fútbol argentino: "Enfrentamos un nuevo orden comunicacional, social, deportivo y político". Esa revolución implicará, en efecto, un nuevo contrato entre el Estado y la AFA para la televisación de los partidos, en el marco del programa Fútbol Para Todos: "El nuevo campeonato supone un nuevo régimen de retribución económica. Se generaría una nueva sociedad entre el Estado y la AFA que obligaría a la rescisión del actual contrato entre la empresa Trisa y los torneos de la primera B Nacional", precisó Cherquis Bialo. En ese convenio estaría estipulado un aumento en el monto, que podría duplicarse y llegar hasta los $ 1200 millones. De todas maneras, el monto se actualiza de acuerdo con el aumento del VBR (Valor Básico de Referencia) del abono de cable. Como la suscripción hogareña ya aumentó cerca de un 40% desde la certificación del convenio Estado-AFA hasta ahora y la cifra no se modificó, desde Balcarce 50 ya deben, al menos, $ 240 millones. 
Además, el vocero confirmó que los partidos también serán transmitidos por una nueva señal: AFA TV, el canal oficial del edificio de la calle Viamonte que será dirigido por Horacio Gennari, ex integrante del Comité Organizador de la Copa América."

Zeca


Um diminutivo tão à portuguesa, simples, que se fixa facilmente, é a alcunha desportiva de um jovem jogador que se transferiu para o Panathinaikos de Jesualdo Ferreira. Numa época no Casa Pia, na terceira divisão, a seguir uma passagem de um ano pelo Vitória de Setúbal, com uma internacionalização pela Selecção Nacional "Sub/23" pelo meio, e agora a Grécia. Tudo isto, num espaço de um ano, como se de um conto de fadas se tratasse. O maisfutebol publicou um belo artigo/entrevista com Zeca, onde este diz coisas aparentemente tão banais e simples, e como todos nós sabemos, tão certas.

"Um ano na primeira divisão, aparições convincentes, relatórios prometedores e o salto inimaginável. Isto tudo perante a postura desinteressada dos maiores de Portugal. «Não sinto mágoa por não ter sido chamado para o Porto, Benfica ou Sporting», assegura Zeca. «Em Portugal aposta-se pouco nos valores do país e se calhar não ia ter hipóteses de jogar muitas vezes. Foi melhor assim.»
A Casa Pia, douta formadora, fica para trás. Entregue ao resguardo da memória. O Vitória de Setúbal também. Zeca carrega as sensações e aponta a novos objectivos. A Selecção Nacional, por exemplo, passa a estar mais perto, embora haja tempo para lá chegar.
«Para já ainda é um sonho. Talvez seja precoce dizer que vou lá chegar. O importante é trabalhar bem no Panathinaikos, ganhar confiança, somar minutos, jogar na Liga dos Campeões e conquistar o título. Sei do que sou capaz e vai ser óptimo.»"


terça-feira, julho 26, 2011

Ricardo Batista

Custa muito a aceitar que um jovem promissor, inclusivé com experiência desportiva no estrangeiro, se tenha deixado iludir por um processo de doping que é sobretudo um problema de ética e seriedade desportiva. Evidentemente que estes processos não são nunca tão lineares como parecem e devem existir diversos factores que levam um atleta a uma situação deste tipo. Não serei eu nunca a condenar alguém por um erro cometido na vida até porque já houve situações de atletas bem mais credenciados a quem apoiei em momentos difíceis nas suas vidas desportivas, lembrando-me, ao acaso, de Abel Xavier e Fernando Couto. De concreto, Ricardo Batista foi suspenso por dois anos, e apesar de ser bastante jovem, dois anos, para um guarda-redes, é um período bem grande e limitativo de  carreira futura. Leis são leis e são evidentemente para aplicar e cumprir não estando em causa a justeza, idoneidade e seriedade de quem a aplicou, que se baseou naturalmente nos regulamentos existentes e aprovados pelas entidades competentes. Mesmo atendendo à gravidade do assunto e da falta cometida, parece-me que este tipo de sanções são de facto algo exageradas e talvez merecessem alguma análise cuidada com vista a uma possível  rectificação sobre o período de castigo, sobretudo para um primeiro caso de controlo positivo. Vai ser necessária muita força de vontade, coragem e apoio diverso, para que um atleta nesta situação consiga resistir à suspensão e  estar mais tarde em condições de poder voltar a jogar.

Nova época

Tirando o caso específico da Selecção Nacional "Sub/20" que iniciou a sua preparação para o mundial ainda no decorrer da época passada, em 25 de Junho, as actividades das selecções nacionais para a época de 2011/12 iniciaram-se ontem com um estágio da Selecção Nacional Feminina "Sub/19", que se prepara para o Torneio de Apuramento da UEFA, que terá lugar em. Por sua vez no próximo dia 30, a Selecção "Sub/20" inicia a sua participação no Mundial da Colômbia, contra o Uruguai, a  poderosa selecção sul-americana. Nesse mesmo dia terá lugar no Rio de Janeiro, o sorteio para a fase de qualificação do Mundial 2014. Um começo de época com várias actividades que no próximo mês de Agosto se intensificarão com jogos da Selecção "AA" - Luxemburgo -, "Sub/21" - Eslováquia -, "AA" Feminina - Turquia -, "Sub/19" Feminina - Irlanda do Norte -e "Sub/17", que disputará o Torneio de Inglaterra.

segunda-feira, julho 25, 2011

Copa América



O Uruguai venceu  e convenceu na Copa América 2011. Foi a melhor equipa, aquela que mais lutou, aquela que mais acreditou ser possível. Depois de ser semi-finalista do Mundial 2010, fianlista do mundial de sub/17, recentemente realizado no México, e presente no mundial sub/20 da Colômbia, integrado no grupo de Portugal, o Uruguai conseguiu este resultado de uma forma sustentada. A vitória não caiu do céu.

Le Tour de France



Esta última etapa que deu o trono a Cadel Evans, o australiano, foi essencialmente um recital de televisão e de promoção de Paris. Para quem gosta da Cidade-Luz, como é o meu caso, deu para ficar extasiado com as imagens que a televisão, a cada momento, ia transmitindo para todo o mundo, num esforço claro de mostrar uma das mais belas cidades mundiais. Quanto ao ciclismo, os nossos representantes, Sérgio Paulinho - 81º - e Rui Costa - 90º -, lá foram aparecendo durante a última etapa, e particularmente para o segundo foi um Tour que ficará na história. Não é qualquer um que ganha uma etapa da Volta à França e Rui Costa fica por isso intimamente ligado a esta edição. Quanto ao vencedor deu para ver quanto lutou para conseguir este feito. As imagens após a vitória do contra-relógio, e mesmo as de ontem, mostraram um atleta muito comovido, como não é normal ver no ciclismo, e deveras orgulhoso pela vitória. A Austrália deve ter parado para ver estas imagens do seu compatriota que aos 34 anos atingiu o cume nesta difícil modalidade. Finalmente uma palavra merecida para o João Pedro Mendonça e Marcos Chagas que fizeram um trabalho tão profissional quanto o realizado pela televisão francesa.

domingo, julho 24, 2011

Panamá em rota para a Colômbia



A Selecção Nacional Sub/20 sofreu a primeira derrota  da época, perante o Panamá, por 2/0, e ficou em terceiro lugar no Mundialito. O mais importante deste torneio, era não só a competição em si, mas sobretudo a adaptação à diferença horária e temperatura. De qualquer forma, a partir daqui será a doer e verificar-se-à a resposta dos jogadores perante este resultado inesperado. Agora falta esperar pela competição oficial objectivo de toda esta preparação.

Não te portas bem, levas

"Mohamed bin Hammam (FIFA Executive Committee member) was banned from taking part in any kind of football-related activity (administrative, sports or any other) at national and international level for a period of life."
Foi assim que ontem, a FIFA, através do seu Comité de Ética, divulgou as conclusões da sua última reunião. Relembre-se que Bin Hammam foi candidato a presidente da FIFA, concorrendo contra Joseph Blatter, tendo desistido, e é Presidente da Confederação Asiática de Futebol. Que tremenda confusão se adivinha no futebol mundial. Acho que ao meter-se a mão no fogo alguém mais se vai queimar. Este processo não vai obviamente terminar aqui e irá ter consequências muito complicadas para alguns.

"Não há dúvida de que há uma campanha organizada para garantir minha condenação e me afastar do futebol mundial...", denunciou o ex-dirigente da Fifa.

Bin Hammam que alguns ógãos de comunicação social relatam como ex-Presidente da CAF, ainda possui uma página no site  oficial da confederação e é lá que vai comunicando, pelo que não é ex, mas sim actual, embora suspenso. No entanto, no site da FIFA ,pode verificar-se que a CAF não tem presidente...

 



Web Addresswww.the-afc.com
Main Emailmedia@the-afc.com
main Fax+60-3/8994 2689
Vice PresidentZHANG Jilong
Vice PresidentTHAPA Ganesh
Vice PresidentAL SERKAL Yousuf
Vice PresidentH.R.H Tengku ABDULLAH
General SecretarySOOSAY Alex

sábado, julho 23, 2011

Ingenuidade

Fiquei surpreendido com as declarações de Ricardo Costa sobre Capdevila, o novo reforço do Benfica e a propósito do incidente verificado no Espanha/Portugal, do Mundial 2010, pelo qual acabou por ser expulso. Conheço o Ricardo há alguns anos e não esperava uma atitude de total ingenuidade. Poucos são os atletas, contam-se pelos dedos, que perante uma situação idêntica, iludirem/enganarem o árbitro, reconhecem o seu erro publicamente e pedem desculpa ao adversário. O problema desse jogo, como o de outros em que a equipa espanhola esteve envolvida, apesar do seu enorme valor e de provavelmente ter sido a melhor selecção do mundial, foi ter sido sempre protegida, directamente e indirectamente, pela estrutura de arbitragem da FIFA. Digam o que disserem não tenho qualquer dúvida sobre este assunto. O problema não foi Capdevila, foi do homem vestido de preto, neste caso de amarelo, e dos que o nomearam.

«Sempre pensei que o Capdevilla faria uma declaração sobre o lance, porque ele enganou o árbitro e enganou os adeptos. Esperei por uma declaração sua, porque era legítimo e verdadeiro. Fui mal expulso e paguei uma factura muito alta».
In maisfutebol

O prematuro

Não resisti, com a devida vénia, a publicar a entrada, com o nome do título, que Carlos Mesquita colocou no seu O ClariNet. a propósito do acordo conseguido em Bruxelas para as novas condições financeiras a pagar por Portugal:

"A esta hora ainda não é oficial, mas todas as notícias das televisões avançam que os líderes da zona euro acordaram com a alteração das taxas de juro do Fundo Europeu de Estabilização (FEEF), assim como com o prazo de pagamento.
A taxa de juro a pagar descerá para 3% e a maturidade do empréstimo passará para o dobro, ou seja para 15 anos. Portugal pagou pela primeira parte do empréstimo (em Maio) 5,7%.
Os muito optimistas diziam que era dificílimo cumprir os pagamentos com as taxas negociadas com a troika, um outro grupo (que reivindicam o saber fazer contas simples) diziam ser impossível.
Há um terceiro, singular por ser um e por ser único, o nosso já célebre e brilhante ministro das finanças. Aceitou como bom tudo o acordado – nunca se lhe ouviu um queixume – e a semana passada disse que “seria prematuro pedir alterações às condições do empréstimo a Portugal”. Assim, sem tirar nem pôr palavras, como inventaram entre o “desvio” e “colossal”, uma das últimas entradas para o anedotário nacional.
Já ouvi várias personalidades, hoje foi Medeiros Ferreira num programa da SIC, a recordar a este nosso governante, que é ministro de Portugal, e já não um burocrata de Bruxelas, ou professor, ou aluno deferente e cumpridor. Tem a obrigação de defender os interesses do Estado português, e os interesses dos contribuintes portugueses.
Vítor Gaspar tem anunciado medidas que levam à penúria de muitos de nós com uma frieza provocadora, e depois vemo-lo em Bruxelas em vénias subservientes.
As dificuldades quanto mais insolúveis forem para Portugal mais o país ficará refém dos especuladores, não tenho dúvidas que há gente grada para quem a crise é conveniente. É o desmembrar do sector público, o desbaratar património e as privatizações, tudo no sentido de empobrecer o bem comum para servir uns interesses particulares.
Vamos ver o que Vítor Gaspar diz das medidas atenuantes dos líderes europeus, e se algum jornalista o confronta com as suas declarações de ser “prematuro pedir alterações às condições de empréstimo a Portugal”. Talvez saia uma parábola que explique que entre “prematuro” e “empréstimo” há uma semana de pontos e vírgulas.

No meio destas palavras do autor do blog e das do próprio ministro, politicamente ingénuo, muito técnico e sério, ressalta não só o facto do acordo ter sido favorável para o nosso país, mas sobretudo, por acaso ou não, os únicos com razão neste assunto, terem sido o BE e o PCP, que desde sempre se manifestaram a favor destas medidas. Quanto ao ministro, uma boa assessoria de imprensa resolveria alguns destes problemas...

sexta-feira, julho 22, 2011

Nacional



O CD Nacional tornou-se na primeira equipa portuguesa a entrar nas competições europeias, Liga Europa, na segunda pré-eliminatória, tendo eliminado o FH Hafnarfjördur, da Islândia. A seguir disputará a terceira pré-eliminatória com o BK Häcken. Nesta próxima eliminatória da Liga Europa, também entrará em acção o Vitória de Guimarães. Por sua vez, o Benfica, frente ao Trabzonspor, da Turquia para a Champions League, iniciará também a sua participação aspirando a um lugar na fase de grupos. Espera-se que todos os clubes atinjam os seus objectivos, desejando-se para esta nova época tão sensacionais resultados como aconteceu na anterior.

Panamá

Foto: Estádio Rommel Fernandéz

Portugal venceu a Nigéria entre selecções nacionais sub/20 e encontra-se em primeiro lugar no Mundialito de Sub/20, que se  realiza no Panamá. Nelson Oliveira marcou os dois golos e esta vitória acrescenta finalmente algo de novo à preparação da equipa tendo em vista o mundial da Colômbia prometendo assim uma boa presença nesta competição. Hoje, pelas 21.00 horas locais, menos seis que em Portugal Continental, realiza-se no estádio da foto, o último jogo deste torneio perante a equipa da casa. Uma vitória permitirá o primeiro lugar na prova.

quinta-feira, julho 21, 2011

Novas tecnologias


Aos poucos a discussão sobre as novas tecnologias que sirvam de suporte ao futebol vai alargando-se a outras esferas. Veja-se o caso deste artigo da Gazzetta dello Sport.

"Il presidente della Premier League, Richard Scudamore, ha annunciato che dalla stagione 2012-2013 la massima serie inglese vorrebbe adottare una tecnologia che consenta di accertare se il pallone ha superato la linea bianca. In un articolo pubblicato sulla rivista della Premiership, e distribuita ai parlamentari inglesi, Scudamore sottolinea di voler usare il peso e l'influenza della Premier League per migliorare gli standard del calcio dentro e fuori dai campi di gioco. "Nel calcio - scrive poi Scudamore - tutto ruota intorno al gol, tutto ne dipende: risultati, successi, carriere, passioni. Ora la tecnologia è disponibile e noi vogliamo adottarla, se ci sarà consentito". La Fifa di Blatter finora ha sempre respinto l'ipotesi, minacciando sanzioni per chi dovesse infrangere il bando, ma di recente, ricorda Scudamore, "la federazione internazionale sta rivalutando la questione e io auspico che si possa avere il via per la stagione 2012-2013". L'International Football Association Board (Ifab), l'organismo che stabilisce le regole del calcio mondiale, sta infatti testando alcuni sistemi di controllo della linea di porta e un responso è atteso per marzo 2012."

Palavras e convicções

Durante este defeso têm, aqui e ali, surgido frases que o têm marcado, umas pela positiva, outras pelo interesse estratégico de quem as usou, outras somente pela tonteria e afectadas concerteza pelo calor. De entre as de valor estratégico e com precisão calculada sublinho as do Presidente do FC Porto acerca de André Villas-Boas, de entre os que optaram pela tonteria ficam sem referência dado que todos as conhecemos e não merecem eco. De entre as de sinal positivo, pelas convicções que encerram, realce para as palavras de Quim: "O Benfica faz parte do passado, mas instado a escolher qual o melhor entre Artur Moraes e Eduardo, Quim saiu-se com uma resposta interessante. «Artur Moraes ou Eduardo? É uma decisão que compete exclusivamente ao treinador. Mas se eu estivesse no Benfica sabia perfeitamente quem escolher: o Quim!"Realmente, Quim, apesar dos problemas que o têm afectado nos três últimos anos, primeiro com a saída da Selecção Nacional, depois com a dispensa do Benfica e finalmente com a lesão grave que o afectou e o impediu de jogar na época passada, continua a acreditar no seu valor e competência. Quem tem tais convicções e força de vontade, num percurso de carreira nem sempre fácil, mas sempre honesto e sério, prefere manifestar, mais uma vez, uma atitude positiva em vez de, como tantos,  choramingar, dizer mal dos outros, e lamentar-se dos infortúnios. Por isso vai daqui uma chapelada de quem sempre o admirou como atleta e homem.

quarta-feira, julho 20, 2011

Vencedores, vencido



A imagem mais habitual das competições a eliminar é a alegria contagiante dos vencedores e a tristeza dos vencidos. Imagem que os fotógrafos tanto apreciam. Desta vez foi após o Brasil/Paraguai da Copa América.

Mundialito Sub/20


Portugal e México começaram a sua participação  no Mundialito Sub/20, no Panamá, torneio de preparação para o Mundial da Colômbia. A Selecção Nacional esteve a perder por 2/0 conseguindo recuperar e empatar o jogo nos minutos finais, dando sequência aos anteriores resultados também de empates. Salvou-se a reacção e a marcação de golos que permitiram este desfecho. Amanhã novo jogo, desta vez com a Nigéria que empatou com o Panamá por 0/0.

terça-feira, julho 19, 2011

A Coreia do Norte

Não foi só festa, participação popular e melhoria técnica do jogo o que aconteceu no recente mundial de futebol feminino recentemente terminado na Alemanha. Houve de facto um facto que perturbou todo o clima positivo dessa competição. Estou a falar, claro, dos acontecimentos que envolveram a equipa norte-coreana e as suas supostas ligações ao doping. Já no mundial da África do Sul, em 2010, os dirigentes norte-coreanos, após a sua eliminação na primeira fase e sobretudo após a copiosa derrota com Portugal, deram origem a autênticas purgas e perseguições no seio da equipa não se sabendo inclusivamente o que terá eventualmente ocorrido com alguns elementos, técnicos e jogadores. Desta vez, no feminino, foi o doping e os controles positivos a várias atletas. A Coreia do Norte, não é só na política que mantém um comportamento atípico e anormal no seio da sociedade das nações, tendo também no desporto, e neste caso no futebol, criado situações verdadeiramente desprestigiantes para um país que se diz ser um exemplo para os povos do mundo. Que tristes exemplos.

"Foram encontradas anomalias nos testes antidoping de mais três jogadoras da Coreia da Norte, depois de serem examinadas todas as atletas do selecionado que participaram da Copa do Mundo Feminina da FIFA Alemanha 2011. Os exames foram realizados à luz dos resultados anormais encontrados nas amostras "A" de outras duas norte-coreanas (consulte o comunicado do dia 7 de julho de 2011, que se encontra na coluna da direita).
Em cumprimento ao artigo 58 do Regulamento Antidoping da FIFA — que determina que "quando mais de um integrante da equipe for notificado de violação da regra antidoping nos termos do capítulo VIII em contextos de competição, a entidade responsável pelo torneio deve realizar os exames apropriados da equipe durante o período de competição" —, a FIFA determinou que todas as jogadoras do elenco norte-coreano se submetessem a controles antidoping após a última partida do selecionado na Alemanha 2011. Os testes dessas atletas foram coordenados com a Agência Mundial Antidoping (WADA).
Em respeito às diretivas do Código Mundial Antidoping, a FIFA não divulgará os nomes das três jogadoras cujos amostras produziram resultados anômalos enquanto as investigações permanecerem em andamento."


Copa América



Como já aqui tinha referido há dois dias confirmaram-se todas as previsões e sobretudo aquilo que pensei e não escrevi. A realização da Copa América nesta data é uma idiotice pegada que não trouxe qualquer tipo de vantagem a ninguém, ou melhor trouxe aos teoricamente mais fracos. Pensar que os grandes jogadores estavam a 100% nesta competição é pura imaginação. Sabendo-se que os seus clubes do continente europeu estavam em pré-época preparando grandes decisões para a época que se aproxima é um peso demasiado forte para um atleta profissional. Mesmo que se entreguem totalmente aos seus países, e acredito na totalidade que o façam, há essa realidade que os marca e que talvez inconscientemente os perturbe. Por isso, esta prova, mereceria uma análise profunda por parte da FIFA e da respectiva confederação, no sentido de evitar prejuízos aos clubes, aos jogadores e até ao seu próprio prestígio. A adequação do calendário internacional da FIFA para todas as confederações, com provas continentais de profissionais somente de quatro em quatro anos, a exemplo dos europeus, desencontrando-as dos mundiais e da Taça das Confederações, seria uma medida, a meu ver, aconselhável.

segunda-feira, julho 18, 2011

Já foste


Já foste Elizondo. Pelo gesto, muito habitual em Messi, adivinha-se o resultado da jogada. No entanto, a Argentina, uma das grandes favoritas à vitória do torneio não conseguiu ultrapassar o Uruguai e nem Messi, com toda a sua qualidade, desequilibrou o resultado.

Japão




A grande surpresa das provas da FIFA nos últimos anos consumou-se com a vitória do Japão no Campeonato do Mundo de Futebol Feminino. Os EUA, tecnicamente a melhor equipa do mundo, não conseguiram derrotar as jovens japonesas. Uma vitória extraordinária que vai dinamizar todo o futebol feminino mundial demonstrando-se desta forma que a vontade, a dedicação, o trabalho, o querer, a organização, derrubam obstáculos considerados intransponíveis. Pensava-se há alguns anos que seria o futebol masculino japonês a atingir um patamar deste nível mas foi o feminino a consegui-lo. Parabéns à Federação de Futebol do Japão, às suas estruturas desportivas, aos seus dirigentes, técnicos e particularmente às jogadoras, por este feito tão notável.

domingo, julho 17, 2011

Peru



Aí está a primeira grande sensação da Copa América, o Peru, venceu a Colômbia e passou às meias-finais. Os jogadores do FC Porto, Guarin e Falcão, não estão ao mesmo nível do seu final de época o que se compreende e é natural. Não deveriam estas provas ser disputadas todas no mesmo momento, Europeus, CAFs e Copa América, sempre na mesma data e em períodos - Junho - que não complicassem muito a vida aos clubes? Há equipas verdadeiramente prejudicadas com esta prova e como quem paga aos jogadores são os clubes a FIFA devia harmonizar estas competições, por exemplo, duas em anos pares e duas em anos ímpares. Era mais fácil e os jogadores teriam maior disponibilidade física e mental.

Mário Crespo e o futebol

Se há coisa complicada em Portugal é criticar-se jornalistas. É uma classe onde tenho muitos amigos,  e com alguns deles nem sempre estou de acordo, mas também sei que sempre que escrevi algo neste blog sobre algo que escreviam, fui imediatamente varrido com palavras, algumas delas bem primárias e fora de contexto. Podem dizer e escrever o que querem, valor da liberdade de imprensa, mas raramente  aceitam que alguém discorde das suas ideias, particularmente se não são colegas de profissão. A liberdade só existe para um lado e particularmente nisto dos blogs, alguns, poucos felizmente, ficam muito exaltados quando se lhes diz que não estão a ser sérios e honestos. Mário Crespo, por exemplo, que no processo do ex-seleccionador nacional, após o ter defendido em sede de inquérito na FPF, como amigo, conhecido, ou seja lá o que o for, o que é legítimo e o honra, não mostrou grande independência, ética e deontologia, quando sem dar hipótese ao contraditório o ouviu durante para aí meia-hora no seu programa da SIC, explanar livremente a sua defesa. Seria lógico ser outro jornalista a fazê-lo, mas não, o jornalismo de excelência é mesmo isto. Tudo isto a propósito de um  seu artigo de ontem no Expresso denominado "A tanga certificada". A dado momento, Crespo diz o seguinte: "Desde os estádios de Guterres e Sócrates aos planos do TGV e da OTA, das autoestradas paralelas ao ordenado de Scolari, que sabíamos que andávamos a gastar dinheiro demais que não era nosso". Bom aqui é que a porca torce o rabo, porque ao que sei, o ordenado de Scolari era pago pela FPF, com base nas suas próprias receitas derivadas de qualificações e resultados de europeus e mundiais e correspondentes a algumas dezenas de milhões de euros recebidos da UEFA e FIFA e não dos cofres do Estado como erradamente insinua. Além disso, o ordenado de Scolari, que veio para Portugal como campeão do mundo, era cerca de um terço inferior ao do seleccionador seguinte que Crespo, usando as prerrogativas do país livre em que vivemos, defendeu com unhas e dentes. Bom, mas agora, devidamente esclarecidos por este artigo, já estou mais confiante, porque os culpados, os únicos culpados, Sócrates e Guterres foram embora, e Scolari vive lá pelos brasis, não se construindo mais estádios e terminando os ordenados chorudos. A dívida, essa desgraçada que nos arrasa, parará de aumentar e o futuro  está aí radiante à nossa porta. Jornalismo de excelência diz ele, sem gravata, de preferência.

sábado, julho 16, 2011

As voltas que o mundo dá

Não sei que idade Adriano Moreira tem, mas que é avançada sabe-se. Onde estão as grandes vozes da Europa actual? Perguntou na RTP2  ontem em entrevista conduzida por Maria Flor Pedroso. E também disse que as palavras de Merkl afirmando que os povos do sul, incluindo Portugal, não gostam de trabalhar e são preguiçosos, são extremamente perigosas,  dizendo mais: "Que se saiba Portugal nunca destruiu a Europa". "Não gosto e aflige-me que se toque no Estado Social, e ao fazê-lo, ou pelo menos tentar, essa é uma atitude contrária à ideologia social da Igreja", os seus colegas partidários devem ter sentido um calafrio ao ouvir isto. Abordou a actual crise de uma forma clara e fria. "Crise de liderança", disse. E digo eu que nunca imaginaria um dia estar de acordo com Adriano Moreira. Mas estou e este homem não é propriamente de esquerda. É de idade avançada, claro que é, de direita também, mas está lúcido e sabe bem o que diz, argumentando por vez com palavras de Soares e Mandela. As voltas que o mundo dá. Comparar os actuais lideres políticos com homens como este e com aqueles que citou é pura brincadeira, mesmo que nalguns casos não se esteja pontualmente de acordo com eles.

O Tour


Ontem li um artigo no DN sobre a Volta à França e o pouco protagonismo mediático que este ano o Tour tem tido em Portugal. Estou convicto que não é só em Portugal que o ciclismo, e por consequência a sua mais importante prova, está em queda, fruto dos seus próprios protagonistas, ciclistas, dirigentes e médicos, envolvidos em enormes escândalos de doping, ou pelo menos em acusações e denúncias envolvendo o tema. É pena porque é uma modalidade bastante popular, talvez a mais popular de todas, que vai a casa das pessoas, para a qual não se pagam bilhetes, e que produz das lutas mais titânicas, difíceis e históricas do desporto. Quem não se lembra de grandes ciclistas e figuras que arrasavam os noticiários com notícias constantes, ainda muito antes do primado da televisão, Bahamontes, Poulidor,  Anquetil, Agostinho, Hinault,  Merckx,  e mais recentemente, Induráin, Armstrong e Contador. Uma lista quase interminável de heróis da estrada e especialmente da montanha, local onde praticamente tudo se joga. O Tour de este ano, para nós, e até ao momento, ficou-se pela vitória de Rui Costa, numa das suas etapas, o resto tem sido muito sonso, repito, para nós. Vamos lá a ver se a Volta relança o ciclismo em Portugal.

sexta-feira, julho 15, 2011

Quem pára as japonesas?



Só se forem as americanas. Quem esperaria uma final Japão/EUA? Muito pouca gente, além dos técnicos e jogadoras japonesas  poucos aguardariam por esta final, embora o desenvolvimento da equipa do oriente pudesse prever uma surpresa. No entanto, num mundial na Alemanha, tendo por adversário a equipa da casa e vencer, só pode funcionar como um estímulo quase sem limites como o puderam comprovar as suecas. Como nota saliente fica a derrota das equipas poderosas fisicamente. A Noruega que dominou o futebol feminino mundial durante anos afundou-se, a Suécia perdeu para a veloz e técnicamente superior equipa do Japão e a Alemanha a mais forte equipa do mundo não passou dos quartos-de-final. Um sinal de mudança? Talvez, e nesse caso, equipas como Portugal, fisicamente menos fortes, podem começar a acreditar que a força não é tudo no mundo do futebol feminino.

Última fase

Despois deste último empate com a Nigéria  a Selecção Nacional Sub/20 ficou com um saldo de oito empates e uma única vitória, contra a Costa do Marfim, com dez golos marcados e nove sofridos, embora alguns destes jogos fossem contra equipas com jogadores com mais idade, Montenegro, Itália e Noruega. Não foi negativo dado que não houve derrotas, mas a finalização parece ser o grande problema da equipa. Hoje, a Selecção Nacional parte para o Panamá, em trânsito para a Colômbia, para a realização do torneio do Panamá, a partir de dia 18, com jogos com o México, Nigéria e Panamá, esperando-se que a jovem equipa se desiniba e consiga transformar em golos a sua qualidade.


18 de Julho de 2011 | Segunda-feira19h00 (01h00 em Portugal continental): México-Portugal21h00 (03h00 em Portugal continental): Panamá-Nigéria
20 de Julho de 2011 | Quarta-feira19h00 (01h00 em Portugal continental): Portugal-Nigéria21h00 (03h00 em Portugal continental): Panamá-México
22 de Julho de 2011 | Sexta-feira19h00 (01h00 em Portugal continental): Nigéria-México21h00 (03h00 em Portugal continental): Panamá-Portugal

quinta-feira, julho 14, 2011

Não foi no 3º mundo



Foi no estádio do Twente, bem aqui perto, na Holanda, país rico, e estádio recente, nada fazia supor que acontecesse, mas aconteceu. Por isso todo o cuidado é pouco com estas situações que podem acontecer onde menos se espera. Um alerta para as entidades do futebol.

Reconhecimento



Masimo Busaca foi nomeado  novo responsável "máximo" da arbitragem da FIFA. Embora tenha cometido lapsos lamentáveis enquanto árbitro, espera-se agora como dirigente, isenção perante todas as equipas e fim de protecção para aquelas que falam espanhol, língua em que se exprime muito bem, ou que pertencem a algumas potências do centro-norte da Europa, e que foi o signo e orientação do seu antecessor. Espera-se assim que termine um período deveras triste de nomeações e protecções a algumas equipas como aconteceu nomeadamente no Mundial da África do Sul. É altura de equipas como a  Espanha, Alemanha, Holanda e Brasil terem os mesmos direitos que todas as outras.

"Como já disse em diversas ocasiões, a arbitragem é uma das minhas grandes prioridades", comentou o Presidente da FIFA, Joseph S. Blatter. "A experiência de Massimo Busacca será muito útil à nossa missão e aos nossos esforços de levar adiante o trabalho de base que temos realizado com as confederações e as federações afiliadas nesta área particularmente importante", acrescentou.

Se Joseph Blatter afirmou com toda esta convicção a sua prioridade quanto à arbitragem, sabe perfeitamente porque o faz.

quarta-feira, julho 13, 2011

Portugueses

Como tem acontecido nos últimos anos, nos inícios de época, pouco se fala dos jogadores portugueses, cada vez mais isolados numa competição onde os estrangeiros vão aumentando a percentagem de presenças. Aqui e ali vai saindo uma pequena notícia sobre os nossos jogadores e sobre a qualidade que têm, mas nem sempre devidamente aproveitada. Os jovens André Martins, André Almeida e Tiago Ferreira, com apenas 18 anos, do  Sporting, do Benfica e do FC Porto, respectivamente, foram dos últimos de quem se falou e talvez esta época tenham oportunidade de colocar em campo a sua qualidade, dando até a ideia que os clubes portugueses podem estar a voltar a investir no que é português. Divulgou-se também ontem a transferência de Serginho, do Trofense para o Beira-Mar, e anteriormente de Mika, titular da selecção Sub/20, saído da U.Leiria para o Benfica. Alguns, já num patamar superior, vão saindo para o estrangeiro, garantindo melhores condições pessoais e de verbas para os seus aneriores clubes, como foi o caso de Sílvio, um jovem lisboeta de Campo de Ourique, que saiu do Braga para o Atlético de Madrid e de Fábio Coentrão, para o Real Madrid. Outros ainda podem ter a sua oportunidade após o Mundial da Colômbia, montra mundial para os atletas se mostrarem aos grandes clubes e empresários. Não são muitos, mas têm sempre qualidade garantida ao contrário de muitos que vêm do estrangeiro rotulados de estrelas e quase que tropeçam na bola. O habitual.

Mundial 2014



A FIFA divulgou publicamente, depois de ter informado previamente as federações participantes, a metodologia para o sorteio do Mundial 2014, que decorrerá no Rio de Janeiro, em 30 de Julho. Trata-se de uma situação inédita já que a FIFA sempre realizou o seu sorteio preliminar após as decisões da qualificação do euro anterior, que neste caso seria do Euro 2012. No que respeita à qualificação europeia, que é o que nos interessa, as 53 selecções serão colocadas em cinco potes de nove equipas cada e um pote de oito equipas, agrupadas pela sua classificação do último ranking da FIFA a divulgar em Julho, pelo que Portugal será provavelmente um dos nove cabeças-de-série dado que actualmente se encontra classificada como a sexta equipa da Europa. Uma das favas a sair do sorteio será a França que estará no pote dois e portanto abaixo dos cabeça-de-série. No entanto, tal como aconteceu no sorteio do mundial da África do Sul, pode-se sempre esperar por uma surpresa de última hora por parte dos organizadores... Os nove grupos a sortear terão seis equipas cada, com excepção do último que terá somente cinco equipas. Serão qualificados directamente para o mundial os nove vencedores de grupo, juntamente com quatro dos apurados dos play-off. Estes play-off terão a participação dos oito melhores segundos classificados dos nove grupos pelo que um dos segundos classificados não estará presente nessa qualificação.

terça-feira, julho 12, 2011

Dormir descansados

Finalmente podemos todos dormir descansados já que se provou que não houve qualquer corrupção no processo de nomeação do Qatar como país organizador do Mundial 2022. Uma ex-assessora de imprensa, de seu nome, Phaedra Al Majid,  disse que foi vingança por ter sido despedida: "«A FIFA confirma que recebeu um email da pessoa que fez alegações relacionadas com a candidatura do Qatar retractando-se dessas mesmas alegações», informou o organismo que rege o futebol mundial.
Al Majid disse que Issa Hayatou, Jacques Anouma e Amos Adamu, todos membros FIFA, receberam subornos de modo a garantir que a candidatura daquele país árabe ganhava a organização do Mundial 2022.
A FIFA afirma que não fará mais comentários sobre o assunto."
Assim, não havendo qualquer prova de corrupção ou pelo menos da sua tentativa, todos os meios que foram usados recentemente estão legitimados. No entanto, talvez por esquecimento, não vi qualquer referência às questões levantadas pela ex-candidatura inglesa.

BANDA SONORA DE UMA REVOLUÇÃO

Vi ontem um extraordinário documentário na RTP2 sobre os EUA e a luta dos negros pela sua emancipação, que termina assim: "Pode matar-se o sonhador, mas nunca se pode matar o sonho". Não tem nada a ver com o futebol ou com o desporto, mas tem tudo a ver com a vida. Para quem lá conseguir chegar fica aqui a sugestão. Parabéns à RTP pela sua divulgação.

RTP - BANDA SONORA DE UMA REVOLUÇÃO

segunda-feira, julho 11, 2011

Céu de chumbo



Foi em Silverstone mas podia ser em Portugal, com as nuvens negras que ultimamente têm chegado do outro lado do Atlântico, através de agências e pessoas que ninguém conhece, que se dão ao luxo de tentar destruir países com história, como a Grécia um dos berços da nossa civilização, ou Portugal, onde nasceram os bravos descobridores que cruzaram os mares na descoberta de outros locais desconhecidos. Mas isso é história e hoje os tempos são outros.

Portugal e o Diabo

Uns dias fora do país num outro continente, onde a Europa pouco conta, ou melhor, só conta da Europa o que de mais artificial ela produz, casamentos e viagens da monarquia por exemplo, deparei com uma realidade que não contava quando saí. Na semana passada ainda José Sócrates, o Diabo, era agitado na praça pública como a pior pessoa que o nosso país alguma vez produziu. Ontem ao chegar a Lisboa, e lendo o Expresso, fiquei com a impressão que o discurso dos seus maiores críticos está a mudar e nalguns casos mudou mesmo. Descobriram afinal que havia algo mais que o descontrolo das contas públicas, realidade provocada e criada também por muitos outros antes dele, e que esse algo mais é o descontrolo total do capitalismo na sua forma mais desavergonhada, através das agência de rating, e que há bem pouco tempo eram apresentadas, por alguns comentadores e políticos nacionais, como entidades credíveis que estavam a colocar em sentido o então homem do leme. Que falta de vergonha tem esta gente que nunca soube relativizar o problema e se esqueceu de separar a política partidária dos graves problemas que o país atravessava. Para mal de todos nós, associado aos erros de Sócrates, há bastante algo mais, e não é só este pequeno país que está em causa, é toda a Europa que vai ser empurrada para o abismo até que surjam dirigentes com mais credibilidade e com uma outra perspectiva europeia de futuro do que aquela que possuem a senhora vinda dos confins da ex-RDA ou aquele senhor pequenino, brincalhão, ali para os lados da Gália. Que saudades dos grandes dirigentes franceses e alemães do passado, socialistas e democrata-cristãos que criaram ou pretenderam criar uma Europa unida. Com gente como Willy Brandt, Adenauer, Mitterrand, Soares e tantos outros, esta crise não existiria. E não é de ideologia partidária que se trata, é de política e de princípios.

domingo, julho 10, 2011

Mundial Feminino



Quando se esperaria que a Alemanha arrasaria no "seu" Mundial, o Japão não teve medo e acabou por vencer aquela que ainda é a melhor equipa mundial de futebol feminino. Destemidas, deixando complexos para trás das costas, acabaram por vencer a equipa da casa e todo um país que aguardava a vitória como algo de natural. No entanto o futebol é assim e a sua beleza e espectacularidade existe exactamente por isso. Depois o Brasil, pensava-se que seria este ano que chegaria à final para vencer, e acabou por ficar nos penalties perante a habitual e crónica grande equipa que é os EUA. A seguir as meias-finais vão decidir as duas finalistas mas o grande êxito deste mundial está conseguido com a presença de milhares de pessoas nos estádios e festa nas ruas. A FIFA, a Alemanha, os adeptos do futebol jogado no feminino, todos, sem excepção, estão de parabéns.

sábado, julho 09, 2011

Imagem eterna


O futebol produz imagens fantásticas que o tempo não destrói nem envelhece. Esta foto  tem sessenta anos mas poderia ter sido tirada hoje num qualquer jogo. Trata-se porém de um jogo País de Gales/Portugal, disputado em 12 de Maio de 1951, com o resultado favorável aos galeses por 2/1 o que neste caso é o que menos interessa.

sexta-feira, julho 08, 2011

Determinado


Ao iniciar a nova época desportiva, Domingos deu um passo importante na sua carreira, como treinador do Sporting CP. Se bem que o seu anterior clube, na passada época, tenha passado os leões na dimensão europeia, não deixa de ser um avanço atingir um clube desta dimensão. Determinado como é, como se comprova por esta imagem de 1995, num Liechtenstein/Portugal, Domingos tem condições para levar o clube leonino a um lugar mais condizente com o seu passado.

quinta-feira, julho 07, 2011

Fotografia


Hoje existem extraordinários fotógrafos desportivos que nos proporcionam imagens de rara beleza. Mas no passado, como se pode comprovar pela foto de Fernando Caiado, sem os meios de hoje, faziam-se fotografias fantásticas. Não sei quem era o autor mas era concerteza um fotógrafo de extrema qualidade.

quarta-feira, julho 06, 2011

Gente Grande


Uma imagem de um treino da Selecção Nacional onde se encontram Juca, nesta altura Seleccionador Nacional, José Augusto, seu adjunto, e o Prof. José Falcão, Preparador Físico. No grupo dos jogadores só se reconhece Manuel Bento. Gente Grande do Futebol Português.

terça-feira, julho 05, 2011

Caricaturas


Os nossos gráficos/desenhadores/artistas que têm utilizado a comunicação social desportiva sempre tiveram grande qualidade nos seus trabalhos. Veja-se como exemplo as caricaturas dos jogadores da Selecção Nacional que defrontou a Espanha em 15 de Maio de 1925, num jogo favorável aos nossos vizinhos por 2/0.

segunda-feira, julho 04, 2011

A Primeira Liga


Uma história muito curiosa sobre as origens do nosso futebol retirada dos Jogos do Centenário.
http://jogos.centenariorepublica.pt/


«É definitiva a enraização do football no nosso país? - O argumento de footballer´s.» "Data de 1907 o aparecimento dessa Liga que agregava os melhores clubs de então, com jogadores de merecimento. Constituiam-na o Carcavelos Club (que ficou vencedor do Campeonato), o Lisbon Cricket Club (que ficou 2.º calssificado), o Sport Lisboa (3.º classificado), o Club Internacional de Foot-ball (4.º), o Football Cruz Negra (5.º), e o Sporting Club de Portugal, que ficou em 6.º lugar. (…) Finalmente a 23 de Setembro de 1910 estava fundada, sob os moldes mais prenuncioadores de longo futuro e de fecunda obra a nossa Associação de Football de Lisboa."

NUNES, Raul; In «Tiro e Sport», Ano XIX – N.º 504 de 15 de Fevereiro de 1913, pp.3-5.

domingo, julho 03, 2011

Todos Somos Portugal

Foto: Jornal "A Bola"

Quando decidi criar este blog o nome que me veio à ideia e que acabou por ficar foi "Todos Somos Portugal". Andei bastante tempo a procurar esta foto para demonstrar o que pretendia. Por uma razão ou outra, nunca o consegui. Até que o jornal "A Bola", de 30 de Junho, num excelente artigo de João Esteves, a repescou e publicou. Este foi um momento fantástico da minha vida e de todos os que integraram a delegação e jamais o esquecerei. No entanto permita-me o João Esteves que rectifique o seu artigo publicando a história autêntica do "Todos Somos Portugal". Cinco pessoas em redor de uma mesa procuravam a frase que pudesse guiar-nos no mundial e fazer a apresentação da equipa no Estádio Nacional, antes e no intervalo da Final da Taça de Portugal desse ano. Carlos Queiroz, Nelo Vingada, Carlos Godinho, Agostinho Oliveira e Rui Caçador, sabiam o que queriam fazer nessa tarde de Maio, mas faltava-lhes o clic que os iluminasse. Horas de preparação desse acto público discutido ao pormenor e em detalhe, mas continuava a faltar a frase, 18 letras para 18 jogadores, para tentar agregar o público imenso que iria estar nessa tarde quente em Lisboa. Até que, já noite dentro, depois de dezenas de hipóteses,  Agostinho Oliveira acabou com o impasse: "malta, a frase é, Todos Somos Portugal". E ficou. O seu a seu dono. O resto foi a preparação logística e de organização da apresentação. Aqui fica a história com detalhes.

sábado, julho 02, 2011

Magníficos


Um artigo publicado no Jornal "i", sob o título "os Dez Magníficos" abordou os resultados nos escalões de formação das competições da UEFA, incluindo os "Sub/21", dos diversos países europeus. Apesar de todas as dificuldades Portugal ainda consegue estar no topo dos países mais vezes vencedores de todas as competições. Provavelmente se fosse feita uma análise aos lugares de honra ainda estaríamos melhor classificados. Mesmo sem os meios das outras potências e com as dificuldades que os nossos jovens encontram para jogar a partir dos 19 anos,   estarmos ainda nesta companhia não é um mau sinal.

Juntos



O futebol na sua beleza e grandeza permite histórias verdadeiramente inacreditáveis e únicas. Quim, na época passada, terminou a sua ligação ao SL Benfica e ingressou no SC Braga, clube onde se iniciou como jogador. Nuno Gomes, por sua vez percorre esta época o mesmo caminho  e ingressa no clube minhoto. Ambos tiveram uma história desportiva muito próxima um do outro. Foram campeões da Europa Sub/18 em 1994, estiveram no Mundial Sub/20, do Catar, em 1995, onde Portugal obteve o terceiro lugar, iniciaram a participação em grandes competições internacionais no Euro 2000 e terminaram, até ao momento... a sua participação nessas provas no Euro 2008, embora Quim, por lesão, tivesse abandonado na véspera do primeiro jogo. Ainda estiveram juntos na selecção em 2008/09, mas em 2009/10, já só Nuno Gomes jogou, embora por decisão técnica legítima não tenha sido convocado para o Mundial. Agora vão estar juntos no SC Braga,  esperando ainda, pelas palavras de ambos, uma possível convocação.

sexta-feira, julho 01, 2011

Festa


Fotos: Francisco Paraíso

Um torneio de jovens tem sempre associada a festa e a alegria. Quando são de selecções, neste caso, distritais, é maior ainda a vontade de vencer e de mostrar que a sua região é a melhor. Foi o que sucedeu com a AF Lisboa que venceu o Torneio Inter-Associações Sub/14. Parabéns aos jovens atletas, dirigentes e técnicos bem como a todas as outras vinte e uma equipas presentes. A memória destes dias de convívio e jogos vai perdurar para sempre em muitos destes miúdos. Para o ano há mais.

Inter-Associações Sub/14




Terminou ontem em Fátima o Torneio Inter-Associações Sub/14 Lopes da Silva. Mais de quinhentas pessoas envolvidas numa organização da FPF coma  colaboração, como habitualmente competente, da AF de Santarém. Venceu a AF Lisboa numa final com a AF Porto recheada de grande emotividade, própria de uma final entre portistas e lisboetas. Foi após a marcação de pontapés de grande penalidade que o jogo se resolveu. Realce para a presença de algumas centenas de pessoas e para o facto inédito de a AF Ponta Delgada ter ficado com o terceiro lugar após confronto com a AF Madeira, num curioso jogo entre equipas insulares. Destaque negativo da final o ter havido algumas picardias entre jogadores para as quais deveria ter havido uma resposta mais enérgica e rápida dos dirigentes e técnicos presentes. Tudo acabou em bem mas estes torneios têm outra finalidade.