terça-feira, junho 07, 2011

Bicos de pés

Ando há tanto tempo no futebol mas mesmo assim ainda não consigo entender as cambalhotas que algumas pessoas vão dando conforme os ventos  mudam de direcção.  Há muito tempo, mesmo muito tempo, que existiam sinais claros do que poderia vir a acontecer, mas tudo se foi permitindo, a tudo foi se foi sorrindo com complacência. Desde relações conturbadas com jogadores, evitáveis, a agressões a jornalistas, censuráveis e condenáveis, sempre tudo se foi calando, colocada sempre uma pedra em cima de cada caso. Enfim, aconteceu, e não se pode rebobinar o filme. No entanto, alguns desses que contribuiram, pelo silêncio, para o que aconteceu, lavando cada caso com sabão cada vez mais potente, colocam-se hoje em bicos de pés tentando colar-se às recentes vitórias da selecção nacional. E é exactamente isso que me espanta, como se fosse hoje que tivesse entrado no futebol.

1 comentário:

  1. domingos estanislau8 de junho de 2011 às 03:02

    eu vi esse filme "Rui Santos no seu melhor"

    ResponderEliminar